Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Enquete
Cres que nossas ações dizem quem somos?
SIM
NÃO
Ver Resultados

  • Currently 2.21/5

Rating: 2.2/5 (75 votos)







Partilhe esta Página



 

 


 

 

 


 

 


 


A Bíblia e a Saúde
A Bíblia e a Saúde

 

 

A Bíblia e a Saúde

Após terminar a criação da Terra em 6 dias e santificar o sétimo dia da semana, O ALTÍSSIMO disse a Adão e Eva que eles poderiam comer de todas as sementes e frutos do solo. (Gênesis 1:29). Naquela época os animais não morriam porque o homem ainda não havia pecado (Romanos 6:23). Depois que eles pecaram toda a criação ficou sujeita  à morte e O ALTÍSSIMO instituiu o sacrifício de cordeirinhos, simbolizando a morte expiatória do messias na cruz (Gênesis 4:4 e João 1:29). Todas as vezes que se cometia um pecado, devia-se sacrificar um cordeiro como símbolo da remissão de pecados e da morte do Filho DO ALTÍSSIMO que aconteceria no futuro. No entanto, não passava pela cabeça de ninguém matar os animaizinhos e utilizá-los como alimento.

No entanto, 1656 anos depois da criação, após o dilúvio, quando Noé e sua família saíram da arca o solo estava encharcado e não era possível plantar. Então O ALTÍSSIMO  permitiu pela primeira vez que se comesse carne. (Gênesis 9:2-5). Apesar disso esse não era o plano DO ALTÍSSIMO para a raça humana, da mesma forma que a rebelião ou o pecado não eram. Entretanto ELE não liberou que se comessem todos os tipos de carne porque sabia que poderia prejudicar a nossa saúde. Então; O Messias entregou nas mãos de Moisés as divinas leis alimentares, que podem ser lidas em Levítico capítulo 11 e Deuteronômio capítulo 14.

 

Resumo das Leis Alimentares

Animais Limpos: de acordo com Lev. 11:3 são limpos todos os animais que tem unhas fendidas, o casco divide em dois e rumina sendo apto para a alimentação. Deuteronômio 14:4-5  cita como exemplos o boi, a ovelha, a cabra e a gazela. Em relação às aves, apenas as imundas ou inaptas para a alimentação são citadas, portanto se utiliza o método eliminativo e comparativo para se chegar as limpas. Dos animais aquáticos são limpos todos os que tem barbatanas e escamas (Lev.11:9). Dos insetos são permitidos apenas o gafanhoto devorador, o grilo e a locustra (Lev. 11:22).

Animais Imundos e que fazem mal a saúde: a Bíblia declara que todos os animais terrestres que não tem as características citadas acima são considerados imundos. Ela cita o porco, o coelho e o camelo como exemplos (Lev. 11:4-7). Dos animais aquáticos todos os que não tem barbatanas e escamas são imundos ( Lev.11:10). Como exemplo podemos citar os frutos do mar, o camarão, os peixes de couro, o golfinho e a baleia. Todos os insetos, exceto as exceções citadas acima são inaptos para a alimentação humana ( Lev.11:23 e Deut.14:19). Em relação as aves a Bíblia utiliza o método eliminativo citando as aves imundas e não especificando as limpas. De acordo com Deus são imundas a águia, o falcão, a águia marinha, o corvo, o avestruz, a coruja, a gaivota, o gavião, a gralha, o pelicano, o abutre, a garça, a cegonha e o morcego (Deut.14:11-20). Também não se deve comer animais que andam pelo ventre como a cobra, os que tem vários pés como a centopéia e todos os tipos de enxames ( Lev. 11:41-43).

E O ALTÍSSIMO termina as leis alimentares dizendo: "Eu Sou o Senhor vosso Deus, portanto vós vos consagrareis, e sereis santos porque Eu Sou santo...Essa é a lei dos animais e das aves e de toda a alma vivente que se move nas águas e de toda criatura que povoa a terra, para fazer a diferença entre o imundo e o limpo, ente os animais que podem comer e os que não podem comer". Levítico 11:44-47.

Mas não existem certas coisas óbvias nessa lei alimentar? É certo que não. Por exemplo: na Coréia do Sul e na China são comuns se comerem ratos, cobra e cachorro que  a Bíblia condena como imundos. No ocidente uma alimentação comum é a carne de porco presente em vários produtos derivados como a mortadela. O Evangelho não se adapta as culturas, ele vai completamente contra a elas porque é a vontade de Deus, sendo, portanto o caminho estreito. Veja essa terrível repreensão em Isaías 66:15-18:

"Porque eis que o Senhor virá com fogo, para tornar a sua ira em furor e a sua repreensão em chamas de fogo...entrará em juízo contra toda a carne e serão muitos os mortos da parte do Senhor...os que comem carne de porco, coisas abomináveis e rato serão consumidos, diz o Senhor...porque venho para ajuntar todas as nações e elas contemplarão a minha glória".

De fato, logo em Isaías 66:22-24 o profeta termina o livro dizendo que os filhos DO ALTÍSSIMO o adorarão na Nova Terra. As verdades bíblicas são como Paulo declarou, uma espada que atravessa a mente e o coração. Depois disso tudo o que você fará, aceitará a vontade DO ALTÍSSIMO para a sua vida ou continuará quebrando as leis alimentares e sujeito a doenças dos que não conhecem a verdade revelada?

 

Revelações de Saúde da Era Cristã

A Saúde e o Novo Testamento (33 d.C. até Hoje)

A maioria das pessoas acredita que O ALTÍSSIMO tenha abolido as leis alimentares no Novo Testamento e citam passagens bíblicas sem nem fazer uma leitura de seu contexto, dentro de determinado capítulo ou livro. A principal passagem citada é Atos capítulo 10 na qual Pedro tem uma visão de um lençol baixando do céu com vários animais imundos como répteis e aves (versículo 12). Então Deus dá a ordem: "Levanta Pedro, mata e come". Pedro ficou admirado e por conhecer e obedecer as leis alimentares respondeu: "De modo nenhum Senhor, porque jamais comi coisa alguma imunda". Então Deus respondeu: "Ao que Deus purificou não consideres imundo".

Ao terminar a leitura desse texto a maioria das pessoas fecha sua Bíblia e realizada pensa que agora está liberada e pode comer de tudo. No entanto ao ler  o desenrolar da história em Atos capítulo 10:17-48 e a explicação de Pedro em Atos 11:1-18 vemos que o assunto da visão nem era alimentação!! A visão era uma parábola que devia ensinar a Pedro que ele deveria levar o evangelho aos gentios e que a salvação não era exclusividade dos judeus. Isto fica explícito em Atos 10:28: " Vós mesmos sabeis que é proibido a um judeu se aproximar ou juntar com alguém de outra raça, mas Deus me demonstrou que a nenhum homem considerasse comum ou imundo".

 

1 Grãos integrais, pães, cereais, arroz e massas

 

Este primeiro grupo de alimentos são os energéticos, e recomenda-se de 6 a 11 porções diárias. A variação da quantidade de porções sugeridas ocorre devido às diferenças de tamanho, sexo, atividade física entre outros fatores.

2 Verduras

 

Deve-se consumir de 3 a 5 porções de hortaliças(verduras) por dia, sendo estes alimentos reguladores. Este grupo é maior que o das frutas pois seus alimentos contém quantidades maiores de minerais e vitaminas.

Coma-as generosamente.

3 Frutas

 

Sendo um grupo um pouco menor que o das verduras, recomenda-se consumir de 2 a 4 porções por dia. Estes alimentos são também reguladores.

Coma-as generosamente. 

4 Leite semi desnatado, iogurte, queijo fresco e produtos de soja

 

Recomenda-se consumir 2 ou 3 porções diariamente. Estes alimentos construtores são uma excelente fonte protéica e, apesar de não serem os únicos, são ricos em cálcio.

Coma-os moderadamente.

5 Feijões, nozes e sementes

 

Diariamente devemos ingerir 2 ou 3 porções destes alimentos construtores. São substitutos da carne e importantes fontes de proteína e ferro.

Coma-os moderadamente.

6 Gorduras, óleos e doces

 

Este último grupo de alimentos energéticos deve ser consumido em pequena quantidade.

 

Obs: Estudos realizados pelo governo americano e norueguês demonstram que os que seguem os conselhos bíblicos de alimentação vivem 7 anos a mais do que a média da população.

 

Saúde para você!